50 ANOS ATRÁS: GOULART FOI DERRUBADO PELO PIPAROTE DE UM MAD DOG FARDADO

Por : Celso Lungaretti

 

 

O que há, ainda, para se dizer sobre o infausto cinquentenário do golpe de 1964? Tantos e tantos já escreveram, alguns com conhecimento de causa, muitos com conhecimento livresco e um contingente maior ainda baseando-se nos panfletos pró e contra que infestam a internet... Aos intelectualmente honestos e medianamente perspicazes não escapa a obviedade de que a conspiração direitista vinha de longe e quase emplacara quando da destrambelhada renúncia de Jânio Quadros.  O dispositivo golpista, contudo, ainda não estava pronto e a tentativa de aproveitamento de uma oportunidade de ocasião se revelou precipitada. 

Leia mais...

NO DIA QUE A LIBERDADE FOI-SE EMBORA

Por : Celso Lungaretti

 

 

Eu tinha 13 anos em 31 de março de 1964. Puxando pela memória, só consigo me lembrar de que a TV vendia o golpe de estado em grande estilo, insuflando tamanha euforia patrioteira que os cordeirinhos faziam fila para atender ao apelo "dê ouro para o bem do Brasil!". Matronas iam orgulhosamente tirar suas alianças e oferecê-las aos salvadores da Pátria, torcendo para que as câmeras as estivessem focalizando naquele momento solene. Desde muito cedo eu peguei bronca dessas situações em que a multidão se move segundo uma coreografia traçada por alguém acima dela, com cada pessoa tanto esforçando-se para representar bem seu papel... que acaba parecendo, isto sim, artificial e canastrônica.

Leia mais...

PETROBRAS : “QUEM ATIRARÁ A ULTIMA PEDRA ?”

 

Por : Pettersen Filho

 

Criada ainda nos chamados “Anos Dourados”, quando exacerbavam as paixões de um Mundo recém Pós-guerra, já, profundamente inserto na Guerra Fria, em que só havia assento para duas categorias de pessoas, os Comunistas, e os Capitalistas, refletindo a Divisão Global do Planeta entre os dois Grandes Vencedores da Segunda Guerra Mundial, os EUA, e seus esquálidos aliados, França e Inglaterra, completamente arruinados no conflito, e, de outro lado, a URSS, real vencedora nos Campos de Batalha, quem retrocedeu a Wehrmacht Nazista, da Moscou incendiada, até o coração do próprio 3º Reich, libertando em sua trajetória, Ucrânia, Polônia, Iugoslava, entre outros, quando qualquer mínimo sintoma de Nacionalismo, ou mera Neutralidade, diante dos Dois Blocos era necessariamente interpretada como Defecção.  

Leia mais...

COMPLEXO DA MARÉ : “FORÇAS FEDERAIS INTERVIRÃO NO RIO DE JANEIRO...”

Por : Pettersen Filho

 

Mais uma vez, de novo, novamente, outra vez, sempre que está para ocorrer um Grande Evento, no Brasil, com destaque ao Rio de Janeiro, o “Grande Teatro” ocorre, e, tão logo ocorram alguns tirinhos em Favelas Cariocas, o que é uma triste rotina, mesmo diante da Política questionável do Governo do Estado do Rio de Janeiro, de estabelecer territórios, e ocupar, com as famosas UPP`s – Unidades de Polícia Pacificadora, Tropas Federais ascendem ao Estado, buscando dar visibilidade à Segurança Pública, infelizmente, jamais levada, ao nível de Municípios, Estados e União, ao grau de “Política Permanente”, e de Estado, o que determina que, tão logo passe o Evento, no caso a Copa do Mundo, de 2014, encerre-se também a intervenção.

Leia mais...

ATÉ TU, MARINA ?

Por : Heitor Scalambrini Costa

 

Gosto de dar minha opinião através de textos singelos sobre temas que me interessam particularmente, como política energética, fontes renováveis de energia, (in)justiça social, meio ambiente, política universitária. E não deixo de escrever quando determinado assunto me deixa indignado. Particularmente, quando existe o interesse notório de iludir, enganar, ludibriar a boa vontade das pessoas. Daí escrever este breve comentário sobre o relacionamento político de uma das pessoas públicas brasileiras de grande reconhecimento e de enorme respeitabilidade, a ex ministra Marina Silva. No portal oficial dessa ilustre personalidade destaca-se: “ganhou reconhecimento dentro e fora do país pela defesa da ética, da valorização dos recursos naturais e do desenvolvimento sustentável”.

Leia mais...

REMUNERAÇÃO POR SUBSIDIO: ES – UMA POLÍCIA, DUAS FORMAS DE PAGAMENTO ...

Por: Pettersen Filho

 

Enviada à Assembléia Legislativa Estadual, segundo Mensagem que a acompanha, a pedido do Sindicato dos Servidores Policiais Civis do Estado Espírito Santo, Gestão Rodrigues Camargo, aprovada e sancionada pelo politicamente Finado Governador Paulo Hartung, em poucos dias, bem no frigir do ano de 2009, enquanto o Funcionalismo, entorpecido, preparava a sua Cesta de Natal, publicada no Diário Oficial em 29/12/09, a Lei Complementar nº 531, a vulgarmente chamada: “Lei do Subsidio”, na pratica, dispõe, e altera, a “Modalidade” de remuneração por subsidio para os cargos de Investigador de Polícia, de Perito Criminal, do Perito Criminal Especial e do Fotografo Criminal da carreira de polícia civil”, sem, contudo, dizer, com todas as letras, ao que veio.

Leia mais...

“ MARCO CIVIL ” : LEI CENSURARÁ A INTERNET NO BRASIL ?

Por : Pettersen Filho

Enquanto praticam a constante Dança das Cadeiras, em Brasilia/DF, onde a Base Aliada do próprio Governo não se entende, na eterna disputa do PT , e o PMDB, por mais Poder, porquanto acaba de reformar o seu Ministério, a Presidente Dilma Roussef, quem acabou de sofrer fragorosa derrota no Congresso, em meio a CPI que investigará a Petrobras, e chama ao Congresso, para prestar esclarecimentos, muitos dos seus Ministros, foi, novamente, retirada da Pauta a Votação do Projeto, com sugestivo nome, pomposo e solene, “Marco Civil”, Projeto de Lei que tenderá a impor Censura , se não, Conseqüências , ao uso da Internet no Brasil.

Leia mais...

ATRAÇÃO PARA SÁBADO: “MARCHA DA FAMÍLIA, COM DEUS, PELA LIBERDADE” - O INCRÍVEL EXÉRCITO DE BRANCALEONE EM MARCHA!

Por : Celso Lungaretti

 

Não compartilho as apreensões do filósofo Vladimir Safatle, que, num interessante artigo sobre o negacionismo (vide aqui), alerta para "a repetição à qual as sociedades estão submetidas quando são incapazes de elaborar seu passado". Ele está certíssimo em vituperar as falácias na linha da ditabranda, mas exagera os riscos atuais. Para mim, o anunciada bis da Marcha da Família, com Deus, pela Liberdade será apenas a reprise da tragédia como farsa. 

Leia mais...

SARAU ”POESIA COM TORRESMO” DE 03/05: CANCELADO...

 

 

Por : Pettersen Filho

 

Realizado com grande sucesso, em sua primeira versão, em Terras Alterosas, na Capital de Minas Gerais, no ultimo dia 05/04/2014, com segunda edição prevista para o primeiro Sábado de cada mês, o próximo a se realizar no dia 03/05/2012, o evento acaba de ser cancelado. Segundo o seu Promotor, o Poeta Pettersen Filho, o baixo numero de inscritos, e as desistências ocorridas, de última hora, em função do Feriado do dia 1º de Maio, Dia do Trabalho, oportunidade em que muitas pessoas viajam, fizeram com que o evento fosse adiado.

 

Salientando que se trata apenas de um adiamento, e que a mudança na Administração do Bar em que o evento ocorria, pesou na Decisão, o Poeta acrescenta que novos eventos, fatalmente, ocorrerão...

Aguardem !!!

DIA 03/05 : SARAU "POESIA COM TORRESMO" 

 

Por:  Pettersen Filho

 

 


Capital de todos os Mineiros, Belo Horizonte, também conhecida outrora como “Cidade Jardim”, por debaixo das àrvores em que o Bonde andava, da Praça Sete e do Café Nice, do Viaduto Santa Teresa e do Edifício Malleta, possui o mais novo Bar Temático do Brasil, voltado, exatamente para essa Belo Horizonte, a de outrora, reportando, em Poesia uma Minas Gerais Inconfidente, justamente, o Estado que une o Brasil Central, do Cerrado e do Triângulo Mineiro, com a Região Montanhosa de Juiz de Fora, e da Zona da Mata, ao além mar, ao mesmo tempo que guarda reminiscências do Nordeste Brasileiro, de Montes Claros e Norte de Minas, ao semi-árido, numa mescla e homogeneidade tão grandes, quanto diversas, passando pelo Sul de Minas e São Paulo, até chegar ao Pampa Gaúcho, numa equidade, e miscelânea, juntas, impares à qualquer outro Estado da Federação do Brasil. 

Leia mais...

JUDEUS DIVIDIDOS : SECULARES E ULTRARRELIGIOSOS

Por : António da Cunha Duarte Justo

 

Nova Lei obriga também os Judeus ultraortodoxos a prestar Serviço Militar: Segundo a nova lei, votada no parlamento de Israel, também os judeus ultraortodoxos são obrigados a prestar serviço militar ou civil. A proposta de lei foi aprovada com 67 votos dos 120 deputados do parlamento. Votaram contra: os liberais, as forças de esquerda e os ultra-ortodoxos. No dia 2 de Março passado tinha já havido uma manifestação de 300.000 ultraortodoxos contra a então proposta de lei de introduzir a lei do serviço militar obrigatório também para os ultra-ortodoxos.

Leia mais...

BRASIL: “A PERIGOSA MAIORIA CONSERVADORA DA SUPREMA CORTE..”

Por : Pettersen Filho

 

Podendo, nos primórdios tempos, quando ainda, apenas, engatinhava, no ABC Paulista, Região nascedoura do Sindicalismo Moderno no Brasil, nos idos de 1979, quando definhava a Revolução Militarista de 1964, dando azo aos novos ventos democráticos, e a Abertura Política, de “A Esquerda” Brasileira, o PT – Partido dos Trabalhadores, então, embrionário, seara por que navegavam os Intelectuais, pensadores, sociólogos e ativistas politicos, ávidos por Mudança, cujo maior paradigma a CUT – Central Única dos Trabalhadores, varreu o Brasil, de norte a sul, com levas, e levas, de greves, e o Movimento Diretas Já, mudando por completo o perfil do Poder no País, removendo da Presidência da República, portanto, do Palácio do Planalto, a Direita, Tradicional e Conservadora, então incorporada por Partidos mais Lights, PMDB e PSDB.

Leia mais...

UCRÂNIA E BRASIL : GUERRA E DEPRESSÃO

Por : Adriano Benayon

 

O móvel da oligarquia financeira para desencadear guerras em grande escala, bem como  conflitos localizados, é ganhar mais poder, subordinando países e regiões ao império e enfraquecendo os que poderiam conter essa expansão. Na 1ª e 2ª Guerras Mundiais, respectivamente França versus Alemanha e  Alemanha versus Rússia (União Soviética), as potências angloamericanas só se engajaram com intensidade,  no final,  para ocupar espaços, estando aqueles contendores desgastados. As duas grandes conflagrações eclodiram após longos períodos de depressão econômica e serviram como manobra de diversão em face das consequências sociais e políticas da depressão.

Leia mais...