A GRANDE FARSA

Por : Roberto Romanelli Maia

 

A subida da taxa de juros Selic para 10,50 % ao ano é apenas mais uma amarga notícia para a economia nacional neste começo de 2014. O pretexto de se combater a inflação, que bateu oficialmente em 5,84%, em 2013, mas que todos sentem ser mais elevada, novamente aumentou nos últimos meses a um dos maiores patamares de juros do mundo. Aliás, o custo e a carestia de vida se torna a cada dia mais visível, conforme é revelado por estudo do Dieese, quando afirma ter a cesta básica aumentado mais de 10% em nove capitais brasileiras. Este índice é maior que a inflação oficial e, é claro, maior que o reajuste do salário mínimo, apresentado como “um ganho substancial do trabalhador” pelo governo petista.

Leia mais...

O CONSTRANGIMENTO DE OBAMA COM O CLIMA NO PAÍS

 

Por ; Francisco Vianna

 

A “Avaliação Nacional do Clima dos EUA 2014” não está com nada e se constitui numa nódoa no valor e na reputação da ciência americana. Parece que o Presidente Obama esta a tentar atrair a atenção do público para um “aquecimento global” que não existe no sentido de desviar o foco crítico dos americanos do inúmeros problemas que impedem o seu programa de assistência médico-hospitalar, o chamado OBAMACARE, uma espécie de SUS deles lá, de decolar, além de sua débil política externa e de outros fracassos e controvérsias administrativas.

Leia mais...

CRUCIFICAÇÃO DE CRISTÃOS : POLÍTICA ECONÔMICA DE COWBOYS...

Por :António Justo

Na semana passada a Fundação AIS noticiou que o Observatório Sírio dos Direitos Humanos tinha divulgado fotos de cristãos crucificados. No início do ano, os cristãos de Raqqa, na Síria, foram informados pelos extremistas muçulmanos de que se não se convertessem ao islamismo teriam de pagar um "imposto de protecção". Esta prática é tão antiga como o Islão. Tal como faziam no século VIII, quando invadiram a Hispânia e as terras que hoje formam Portugal, com o dinheiro que recebiam do “imposto por cabeça” dos não maometanos e do imposto de chefes pelo território, financiam a luta pela sua expansão. A Fundação AIS noticia ainda que “os cristãos passaram a estar proibidos de exibir símbolos religiosos fora das igrejas…”

Leia mais...

ESPIRITO SANTO: "GOVERNADOR CASAGRANDE, FUNCIONALISMO SENZALA..."

Por : Pettersen Filho 

 

Confesso que estou perdendo a minha capacidade de surpreender-me diante de "Certas Decisões" do Administrador Público no Brasil... Ainda ontem, em visita ao primoroso Estado do Espirito Santo, do qual sou Servidor Público Aposentado deparei-me com um Decreto Governamental, do Governador Renato Casagrande, supostamente revestido de Legalidade, fato a ter sido emanado do mais alto escalão hierarquico do Governo do Estado, exatamente do Gabinete do Ilustríssimo Senhor Governador Renato CASAGRANDE, o qual, contrariando Lei Federal, editada ainda no Governo Lula, a Lei dos Empréstimos Consignados, dispõe até 30% dos vencimentos do Trabalhador como limite máximo para Consignação em Folha de Pagamento.

Leia mais...

TARIFAS DO SETOR ELÉTRICO: EQUILIBRIO ECONÔMICO-FINANCEIRO E QUALIDADE DOS SERVIÇOS.

 

Por : Heitor Scalambrini Costa

 

Desde os anos 90, o setor elétrico brasileiro vem passando por uma reforma institucional, cujos objetivos seriam o aumento da competição, a melhoria da qualidade dos serviços e maior participação de recursos privados na distribuição e transmissão do setor. No entanto, pode-se afirmar, o maior legado (negativo) deste período (que se convencionou chamar de “Nova República”) foram às mudanças introduzidas na forma de tarifação da energia elétrica.

Leia mais...

GESTO PROFÉTICO

 

Por :   João Baptista Herkenhoff

 

          Um trabalhador foi assassinado em Vitória/ES, fato que já não é notícia, nestes tempos de violência institucionalizada, que vitima principalmente as classes populares. Notícia de grande repercussão foi o que aconteceu depois. O homicídio do trabalhador ocorreu na Rodovia Serafim Derenzi, na altura do Bairro Conquista, na Grande São Pedro. O corpo do operário estava estendido na estrada. Justo naquele momento passava pelo local uma procissão que deveria terminar na igreja paroquial para que então fosse celebrada a Missa do Domingo de Ramos. Entretanto, o pároco local – Padre Kelder José Brandão Figueira, interrompendo a procissão, decidiu celebrar a Missa na estrada mesmo, ao lado do corpo, para solidarizar-se com a família do pedreiro e, ao mesmo tempo, denunciar a injustiça social causadora de um fato chocante como aquele.

Leia mais...

A ESTÓRIA DA CAROCHINHA SOBRE A QUEDA DOS EUA

Por : Francisco Vianna #

Quando li o documento sobre a “crise do capitalismo” publicado na semana passada pelo partido governante na Venezuela, não pude evitar em me perguntar se seus autores vivem neste planeta, ou se têm estado a ler as notícias nos últimos anos. O documento é tão disparatado que se deve inquirir se o problema da Venezuela é político ou psiquiátrico. Não há dúvidas de que o capitalismo é um sistema perfectível * e que se ajusta de forma constante para adquirir a capacidade de beneficiar um número cada vez maior de pessoas, principalmente as mais desprotegidas, desde que os governos não interfiram diretamente no processo.

Leia mais...

QUEM MATOU BERNARDO?

Por : Gustavo B. Schwartz

 

Sempre gostei de perguntas. E as perguntas são sempre inconvenientes. Elas desafiam o status quo. Elas desafiam a falsa estabilidade do que nos é ensinado como uma verdade conveniente. Toda verdade é inconveniente, e só se chega a ela através de perguntas inconvenientes. A morte do menino Bernardo, pelas pessoas que deveriam cuidar dele, noticiada no país estes dias não tem só dois assassinos. Tem vários. São respostas inconvenientes.  Em uma das reportagens que li, de forma cronológica, observa-se que o menino, de 11 anos, foi sozinho a um JUIZADO pedir socorro, ajuda, auxílio.

Leia mais...

SARAU ”POESIA COM TORRESMO” DE 03/05: CANCELADO...

 

Por : Pettersen Filho

 

Realizado com grande sucesso, em sua primeira versão, em Terras Alterosas, na Capital de Minas Gerais, no ultimo dia 05/04/2014, com segunda edição prevista para o primeiro Sábado de cada mês, o próximo a se realizar no dia 03/05/2012, o evento acaba de ser cancelado. Segundo o seu Promotor, o Poeta Pettersen Filho, o baixo numero de inscritos, e as desistências ocorridas, de última hora, em função do Feriado do dia 1º de Maio, Dia do Trabalho, oportunidade em que muitas pessoas viajam, fizeram com que o evento fosse adiado.

Leia mais...

O PÃO E CIRCO DA PETROBRÁS

Por : Cássio Guilherme

 

Neste mês de abril de 2014, em meio a outras avalanches de notícias sensacionalistas na Mídia Amestrada, temos o bombardeio sempre certeiro de denúncias contra a Petrobrás e suas falcatruas mirabolantes. Em que pese o valor nacionalista dessa suposta Estatal a serviço do povo, o que os apatetados e estúpidos telespectadores não conseguem ver é o circo armado para desviar o foco de outro assunto muito mais relevante para o povo brasileiro, e consequentemente para sua soberania imediatista: o investimento maciço no Pró-álcool e na pesquisa de energias renováveis e substituíveis. O povo estupidificado pela Mídia serpentária e argentária deveria estar nas ruas não para vociferar contra a ladroagem dos dirigentes da Petrobrás, mas para pedir o imediato retorno do Pró-álcool e da pesquisa de formas alternativas de Energia. Isso seria libertar-se dos grilhões da corrupção.

Leia mais...

DIA MUNDIAL DO LIVRO

 

Por :     João Baptista Herkenhoff

 

          Vinte e três de Abril, Dia Mundial do Livro. A data foi escolhida pela UNESCO para a efeméride porque assinala o falecimento de Miguel de Cervantes (em 1616) e de William Shakespeare (também em 1616). Mais que homenagear um escritor espanhol e um escritor inglês, a UNESCO na verdade exaltou dois escritores cujas obras transcendem em muito os limites geográficos nacionais. O livro guarda dentro de suas páginas um mistério: por que os livros, mesmo quando publicados em modestas edições, alcançam um universo imenso de leitores? Se compararmos o número de pessoas que se postam diante da televisão com o número de leitores que se debruçam diante dos livros, o resultado é obviamente desastroso para o veículo livro.

Leia mais...

FINANÇAS E (SUB)DESENVOLVIMENTO

Por : Adriano Benayon

 

A oligarquia financeira mundial saqueia o Brasil, inclusive através da dívida pública, inflada pela capitalização de juros absurdos, mesmo gerando,  com só eles, gastos inúteis da ordem de R$ 350 bilhões anuais. Assim, são sugados recursos tributários, que deixam de ser aplicados em investimentos produtivos, serviços públicos e infra-estrutura física e social. Para aumentar as verbas destinadas aos juros da dívida, os governos títeres têm confiscado  poupanças dos brasileiros, através de emendas constitucionais,  como a da DRU (desvinculação das receitas da União), que permite desviar, para o serviço da dívida, recursos da seguridade social. Em especial, os contribuintes do INSS - assalariados, autônomos e empresários -  têm sido espoliados  pelas  “reformas” da previdência  de FHC e Lula, aprovadas no Congresso por meios nada democráticos.

Leia mais...