AS DOCES ILUSÕES

Por : Valmir Fonseca Azevedo

Ultimamente, as mensagens de que o PT afunda mergulhado até a pleura em todas as colossais falcatruas que levaram a Nação à atual e escandalosa bancarrota, proliferam na mídia e na internet.

Os “otimistas” volta - e - meia abordam com prazer o possível impeachment da “sem neurônio”.

As boas notícias pululam a rodo.

Muitos, na sua esperança de um Brasil melhor, acreditam em milagres e difundem as incontáveis notícias de que o PT está nas últimas.

Apoiam – se, os “esperançosos” nos estupendos e inacreditáveis rombos e dívidas do País no cenário nacional e internacional. Para eles a M... é tão grande que, em pouco tempo, a Nação despertará para a sua desmoralizada posição no cenário mundial.

Todos sabem que o “petrolão” é apenas a ponta de um imenso iceberg, pois em cada setor manuseado pelo desgoverno algo de muito podre está em gestação.

Leia mais...

RÚSSIA : “NÃO HAVERÁ DUAS UCRANIAS...”

Por : Pettersen Filho

Espécie de “Gerentona”  dos Americanos, para a sua Porção Europeia, desde que os EUA sagraram-se vencedores, pelo Ocidente, da Segunda Grande Guerra Mundial, quando teve o seu País, a Alemanha, dividida em Quatro Partes, como despojo de Guerra, entre França, Inglaterra, EUA e Rússia, essa ultima, quem realmente retrocedeu Hitler dos Montes Urais, na antiga URSS, passando pela Iugoslávia, Tchecoslováquia, Hungria, Polônia, até a própria Berlim, antes que os EUA disparassem um só tiro no Continente Europeu, Angela Merkel, até hoje “Mandatária” de um País Ocupado, se não, por Bases Norte-americanas, Inglesas e Francesas, exceto Russas, essas ultimas já desmobilizadas desde a entrega da Alemanha Oriental e a Europa de Leste, efetivamente, “Estacionamento” de Tropas da OTAN – Aliança do Atlântico Norte, formada para deter o Comunismo, hoje totalmente sem sentido, mesmo sendo uma das Três maiores Economias do Planeta, “Nave Capitania” da União Europeia, preocupada com as recentes declarações do Presidente Obama em “Armar” Kiev, na Ucrânia, contra os Rebeldes Pró-russos, do Leste, após realizar reuniões de emergência com Holande, da França, e Putin, na Rússia, acaba de arrumar as suas malas, rumo à Washington, nos EUA, para consenso com Obama.

Leia mais...

RÚSSIA: ENTRE IMPÉRIO E NAÇÃO

Por : António Justo

Para a Compreensão do Conflito Este-Oeste e da Ucrânia a Rússia descobre a sua nova Missão para a Europa

A alma russa está ferida. Sente-se traumatizada devido à decadência do império czarista, seguido da queda da União Soviética e defrontando-se agora com o medo da concorrência e influência europeia (sua prosperidade, direitos civis, decadência moral e o interesse da política dos EUA em desestabilizá-la), bem como da latente instabilidade que fermenta nos seus povos turcos, muçulmanos e outros.

Neste contexto, não é de estranhar um Putin viril, autoritário e decidido. Vladimir Putin fala claro, revela encarnar os interesses e intenções da Rússia negligenciando a realidade histórica da primeira e segunda guerra mundial no século XX ao afirmar que “a queda da União Soviética foi a maior catástrofe do século XX”. Deste modo distancia-se da interpretação histórica de perspectiva europeia e revela-se como verdadeiro czar.

Leia mais...

O OCIDENTE/EUA NÃO RESPEITA OUTRAS ORDENS DE PAZ

Por : António Justo

Encontramo-nos numa guerra económica e pós-colonial de interesses geopolíticos entre o Ocidente e o oriente. Em nome das liberdades individuais destroem-se as sociais, em nome da democracia atacam-se outros sistemas civilizacionais. Obama ao apelidar a Rússia de “potência regional” humilha Putin e interpreta erroneamente o espírito de um grande povo.

A estratégia nacionalista de Putin não pode ser contraposta com uma política de exclusão. A Europa tem que viver com Putin e trabalhar, a longo prazo, no sentido de uma maior união e de política comum com a Rússia (no aspecto cultural, económico e geoestratégico).

Leia mais...

O POVO FALA DE POLÍTICA E OS POLÍTICOS FALAM DE NEGÓCIOS

Por : António  Justo

A economia russa não consegue concorrer com o ocidente.

A Alemanha está muito comprometida com a Rússia; 39% do gás natural que consome vem da Rússia e muitas infraestruturas (pipelines, etc.) encontram-se, nas mãos de russos, na Alemanha.

A UE já tomou provisões construindo um terminal (LNG) em Rotterdam para os navios que transportam gás líquido danoruega, Catar e Nigéria. Segundo a revista Spiegel 14/2014 já há 22 instalações que se fazem concorrência umas às outras, podendo cobrir já hoje dois terços das necessidades de gás ( gás de xisto, gás do mar cáspio como visão de futuro para fugir à Rússia). A Alemanha já produz biogás que corresponde a 20% do gás importado da Rússia. Em 2013 a Alemanha teve, com a Rússia, um volume de negócios de 66 mil milhões de euros estando dependentes deste negócio 300.000 mil postos de trabalho na Alemanha. Por isso as sanções são também contra a própria economia.

Leia mais...

EIKE BATISTA : JUSTIÇA BLOQUEIA BENS DO EX-MILIONÁRIO...

Por : Pettersen Filho

Quem acompanha, mesmo que ao longe, entre um bloco e outro, o noticiário econômico nos jornais televisivos, antes e depois de uma telenovela, ainda que sem interesse pessoal nítido, pode, ao menos, testemunhar a vertiginosa queda das empresas do Playboy Milionário brasileiro, Eike Batista , do Grupo OGX, ZLX, BFX, e "X" alguma coisa, na ordem de algumas centenas de milhões de reais, cifras astronômicas, pouco habituais aos orçamentos domiciliares da grande maioria dos brasileiros, acrescida do Bloqueio realizado, essa semana, dos seus Bens pessoais, dos Filhos e da Esposa, por determinação da Justiça, algo impensável, anos atrás, em se considerando a sua Fortuna e Projeção,

Leia mais...

ACULPA É SUA, CIDADÃO BRASILEIRO

Por : Juarez Cruz

O Brasil está num verdadeiro caos, com um governo incompetente, conivente com a corrupção envolvendo o PT, os partidos da base aliada e cerca de 500 picaretas que estão no Congressso Nacional, juntamente com empresarios e lobistas que se locupletam do dinheiro público, fraudando licitações da transposição do Rio São Francisco, dos portos, aeroportos, rodovias, das Obras do PAC, da merenda escolar, da saúde, da educação e assaltam os cofres da Petrobras como uma matilha de lôbos ferozes no ataque à sua presa.

 

De quem é a culpa?

Leia mais...

ALÔ, QUEM FALA ? NÉLIO JOSÉ NICOLAI, INVENTOR DO BINA...

Por : Pettersen Filho

Ato quase instintivo, que adotamos em nosso dia-a-dia, tamanha a profusão e comodidade da Tecnologia, ao atendermos, no Carro ou no Ônibus, enquanto nos dirigimos ao Shopping, ou ao Trabalho, uma simples Chamada, ou SMS, no Tablet, ou Aparelho Celular, ao acionarmos a “Tecla”, para identificarmos a procedência da Ligação, a fim de verificar a pertinência da Chamada, bem como a sua autoria, fato totalmente comum, nos dias de hoje, nas grandes Metrópoles brasileiras, e Mundiais, mas que, provavelmente não  existiria, ou não seria possível, se não fosse a providencial “Criação” do Dispositivo chamado BINA – “B” Identifica o Numero de “A”, do Hebraico, BINA significa: Sabedoria / Inteligência / Entendimento, conforme nos esclarece o seu Inventor, Nélio José Nicolai, modesto Cidadão Brasileiro, a quem a Justiça, Terrena ou Divina, até hoje vem negando reconhecer seu “Crédito” por tal Maravilha.

Leia mais...

DECODIFICANDO O DISCURSO: O NACIONALISMO, O ESTADO FORTE, O GOVERNO E O ESTADISTA.

Por : Profa. Guilhermina Coimbra

Os norte-americanos, pobres e ricos levam infinitamente a sério o nacionalismo, sentem-se, profunda e orgulhosamente americanos.

No Brasil, os imigrantes falam bem do Brasil. Costumam dizer: "Este é um país abençoado!". O  nacionalismo brasileiro se deve muito ao que se aprende observando os amigos norte-americanos, os imigrantes e os militares. 

O verdadeiro sentimento nacionalista não é um sentimento renovado periodicamente no carnaval, ou nos esportes, futebol e outros. Não é um grotesco simulacro de identidade nacional. 

Aprendi - depois de muito observar, muito pesquisar e muito viajar - a ser tão nacionalista quanto eles, os norte-americanos e os militares.

Leia mais...

A ECONOMIA SOCIAL DE MERCADO COMO RESPOSTA ÀS NOVAS EXIGÊNCIAS ECONÔMICAS E SOCIAIS...

Por : António Justo

A Europa precisa de um sistema económico próprio. O que a Alemanha conseguiu e outros países não conseguiram, no pós-guerra, deve-se à sua capacidade de integração do princípio individual protestante e do princípio social católico. De uma luta cultural secular entre católicos e protestantes, da experiência das duas grandes guerras mundiais e da experiência dos dois sistemas políticos antagónicos, que vigoraram nas Alemanhas, surgiu uma cultura integral alemã do compromisso e consequentemente um novo projecto económico que se expressou na Economia Social de Mercado (ESM) e num exemplo para a Europa e para o mundo. O milagre alemão, fruto desta teoria económica demonstrou os benefícios da nova via da economia social ao integrar nela a visão económica socialista e capitalista de forma moderada.

Leia mais...

GRAÇAS ! FOSTER FORA DA PETROBRAS...

Por : Pettersen Filho

Depois de muita relutância, ciente mesmo que a aceitação da entrega do Cargo de Presidente da Gigante do Setor de Petróleo brasileira, a Petrobras, seria meio que uma assunção do próprio fracasso, a President”a” Dilma Roussef, finalmente, aceitou nessa Terça Feira o pedido de Demissão da President”a” da Petrobras, Graça Foster, quem levará consigo toda a sua Diretoria.

Medida que urgia desde as primeiras “Duchas” ofertadas pela “Operação Lava Jato” da Polícia Federal, ainda bem antes da Reeleição de Dilma Roussef, que já prenunciavam um estrondoso “Esquema” de  Desvios de Verbas da Empresa, em nome do “Apoio Partidário” ao Governo Dilma Roussef no Congresso Federal, e à sua Base Aliada, em que as maiores Empreiteiras do País, ao contratarem “Serviços” com a Empresa, eram obrigatoriamente compelidas a assegurar uma Generosa “Doação Oficial” ao Partido dos Trabalhadores, quando não, uma “Comissão” de cerca de 3% sobre o valor do Contrato. 

Leia mais...

A UNIÃO EUROPEIA NA ENCRUZILHADA : ELEIÇÕES GREGAS LEVARÃO EUROPA À SALA DE OPERAÇÕES

Por : António Justo

Os partidos do sul da EU, que são contra a política de poupança, sentem-se com asas depois das eleições gregas. O sul pródigo ganhou provisoriamente contra a moral rígida alemã do bem-comum.

O povo cansado quer mudança e deixa de apoiar governantes corruptos que desde 1974 dirigem os destinos da nação. A Grécia é depois da África o país mais corrupto.

 O líder Tsypras tornou-se no rosto provocador da Troika (CE + BCE + FMI) e no admoestador da esquerda socialista e comunista. 

No parlamento helénico têm assento 300 deputados. Segundo o direito de eleição grego, o partido vencedor recebe um bónus de 50 assentos no parlamento. A coligação governamental de extrema-esquerda com extrema-direita (Syriza + Gregos Independentes) possui 162 deputados (149 + 13) e a oposição que consta de seis partidos, entre eles o partido comunista, tem 138 deputados.

Leia mais...