HOMENS ENVELHECEM. MULHERES NÃO ENVELHECEM. FICAM LOUCAS...

Por : Silas Corrêa Leite

.............................................
Vais ter com uma mulher?
- Não te esqueças do chicote!
 "O guerreiro não gosta de frutos doces demais.
Por isso a mulher lhe agrada:
A mulher mais doce tem sempre o seu quê de amargo."
  Friedrich Nietzsche



Bendito fruto, fui criado entre mulheres no clã, meio e entorno de redondezas e inteiranças, e até hoje trabalho entre, estou cercado por elas, maravibrantes, e delas aprecio sem moderação o brilho, a supremacia – elas sabem conjugar o mote “Almai-vos” uns aos outros - e cedo e precoce, sempre com cheiro de colo e talco delas descobri, claro, que não tenho competência para ser mulher, então aprendi e aprendo sempre com elas, enternuradas, musas pacificadoras, bendito fruto que sou do ventre de uma grande mulher.

 

Isto posto, defendo-as, na alegria e na tristeza, nos direitos e nos desajustes da história, nas greves e nos graves lamentos, nas oscilações e nos vislumbres, sou fã das poetas loucas, das mulheres guerreiras, das que trabalham, estudam, geram, brilham, aguentam o tranco da vida que o sistema é bruto, suportam ao tal  macho alfa babaquara que as vezes é macho sem agá e nem sempre é macho ômega, então elas são sim, superiores aos homens, tanto
  que a Terra é feminina, a vida é feminina e a própria morte também. Sacaram ou querem que eu faça um desenho para vcs pintarem em tons de cinzas do cérebro? Vão vendo.


MULHERES NÃO FICAM VELHAS, ENLOUQUECEM?...VAMOS AS VIAS DE “FATOSZÓIDES:
D.Us, quando fez o homem-macaco de tromba, no zigoto inaugural, para o teatro cósmico shakespeariano de seu entretenimento transpolar e pluridimensional, vindo de sua solidão pangalaxial, pensou, com seus borbotões de acelerador de partículas nos calcanhares alados: -Mal feito! Errou feio? Errou bonito na sua boniteza trancham de grandeza cósmica. Pisou na bola-terra? Tirou-se lhe uma costela adâmica, e dela, a costelinha fina e caprichada (lado mulher do homem brucutu) melhorou a qualidade, o conteúdo, a florescência, a alma-luz, refugou o numero um, mas, na número dois; pois se reaprendeu lustral, e  acertou na mosca, quero dizer, acertou na moça. E a cruz inicial no parangolé de Deus fez-se luz e vida e palavrório. Maçã, serpente, isso tudo foi mera invenção metáfora-parábola para simbolizar a beleza do que criara, mulher letradora e paraíso mesmo era o bing bang que depois virou big band, já que do jazz nasce a luz e o DNA-Darwin Não Abandona... estav
 a feito e frito com tripa exposta seminal e tripa interna, alma-gema com mata ciliar epidérmica circundante e tudo o mais no Ponto G do fecundador genoma...
Ah a loucura santa dessas mulheres maravilhosas... sou fã delas, delas vim, à elas volto em poemas, baladas e prosas, meus melhores contos, e muitos premiados, falam dessa mulher a alma alada da vida... com o brilho delas aprendemos a parecer mais humanus... Humanus? Nós varões envelhecemos e nos recolhemos em nós, e entre o viagra, a fralda geriátrica tamanho GGG, e o Hipoglós, ficamos chatos de galochas, capas de chuva e bengalas, as mulheres nesse ciclo hormonal depois de tantas iluminuras, ficam santas-loucas porque voam numa outra dimensão de sobrevivência e luz... benditas sejam... “Almai-vos” uns aos outros... e às outras... Os artistas quando não compreendem a alma humana - e a alma humana é feminina - ficam loucos e criam, criam, soltam a franga, regurgitam vagidos instintais, criam... as mulheres, quando perdem o poder de criação, de encordoamento das harpas vitais, depois de tantas lutas e logus-legos e somas, ficam loucas para assim ao modo delas
  tentarem compreender o incompreensível e inevitável...
Terra: mulher. Morte: mulher... Vida: mulher. Como então, santo Deus, não amá-las, infinitamente superiores a nosotros macacos orangotangos com poses e o medo-rabo entre as pernas? Amai para entendê-las, no amor, na dor, na loucura santa da terceira idade... na menopausa. Aliás, na TPM converso com minha estrela bailarina e musa-vítima de homem pra homem... Quando morenas, as morenas da vitória... quando "enloirecem", as louras da vitória... E quando ficam ou deveriam ficar velhas, não envelhecem, enlouquecem... A pilha do chip do hard-disc da placa-mãe femina conflita... o ser e não ser... já pensou que neuras? Idade masculina, idade feminina. O homem perde a potência e se apruma, salsicha velha não dá caldo? Mulher não perde a feminilidade, já que não precisa manter manter retesado o arco da promessa, mas entra numas e dunas. Minado tempo arenoso. Ou, melhor exemplificando, em Rubem Alves, se é que vcs me entendem: “É isto que amamos nos outros: o luga
 r vazio que eles abrem para que ali cresçam as nossas fantasias. Buscamos, no outro, não a sabedoria do conselho, mas o silêncio da escuta; não a solidez do músculo, mas o colo que acolhe… Como seria bom se as outras pessoas fossem vazias como o céu, e não tão cheias de palavras, de ordens, de certezas. Só podemos amar as pessoas que se parecem com o céu, onde podemos fazer voar nossas fantasias como se fossem pipas…”
ANDROMACHO VIRAL
O que acomete a saúde masculina na fase que não enlouquecem pelo amadurecimento do psicossomático, é um tipo de hipogonadismo, ou pura e simplesmente, curto e grosso, a queda do hormônio masculino pelos testículos, e quando essa queda é acentuada, é um fenômeno conhecido como Andropausa. A testosterona sérica apresenta um declínio gradual e progressivo com o envelhecimento. Até aí tudo braile. Os hormônios masculinos são produzidos, na sua maioria, nos testículos e pequena porção nas glândulas suprarrenais. A produção com êxito desses hormônios está invariavelmente ligada a integridade do eixo hipotálamo-hipófise-gonadal, sistema que integra o hipotálamo no cérebro, a glândula hipófise, também no cérebro e as gônadas. Sacaram ou tá difícil? Aliás, a diminuição dos hormônios no processo de envelhecimento do homem, sobretudo da testosterona, o principal hormônio do sexo masculino, ainda é pouco abordado entre o público em questão. Mas,
  o pior, é isso: “A queda do hormônio masculino não acomete o homem, como a mulher, pois o distúrbio androgênico do envelhecimento masculino não é um processo generalizado. Segundo pesquisas científicas, apenas 33% dos homens acima dos 60 anos sofrerão desse mal, devido a diminuição da produção do hormônio masculino, testosterona.
MENOFÊMEA CAUSAL
A menopausa é uma fase crítica na vida também psicológica da mulher, inferindo alterações nítidas de comportamento. Mulheres são unânimes em reconhecer determinados sintomas, entre eles, a depressão e a labilidade emocional. Aquelas que manifestam pequenas alterações comportamentais e se queixam da mudança aparentemente sem causa do humor, ou mesmo da bendita vontade de chorar que inexplicavelmente as invade de uma hora para outra. Mais: “É um fase perigosa que exige atenção por causa de transtornos psiquiátricos sérios podem acometer algumas mulheres.  Aliás, a propósito, Hilda Lucas bem pontua, na lata, e em alto e gracioso astral