4º LUGAR -RESULTADO: POEMAS GANHADORES DO 1º CONCURSO DE POESIAS “INCONFIDENTE MINEIRO 2019”

Por : Sarah de Oliveira Passarella

“ Velha Morada

Da velha morada tenho lembranças

das altas portas a ranger em cantilena

no mágico som do vai e vem.

Do vento que entrava pelas finchas

tremulando a luz de uma vela

dos trincos, trancas e tramelas

trancafiando os meus sonhos de donzela.

 

 

Era um relicário do passado

involucro testemunha de outrora.

guardiã de mistérios e sortilégios

nas manhãs que surgiam brilhantes qual aurora

santuário a guardar uma bela história.

 

 

Das fileiras de janelas coloniais.

eu moçoila debruçava para escutar

o seresteiro seu pinho dedilhar

e sua voz melodiosa cantigas de amor entoar.

 

Ah! Como posso esquecer...

Minha velha morada que guarda toda minha trajetória,

minha meninice, a vida com nuances de meiguice,

tempo de ternuras, até de glórias...

A altaneira paineira bem ao lado,

dava o toque rosáceo entre os galhos verdes

como os anos tenros da mocidade...

Hoje restam os flocos alvos dos seus frutos e as madeixas

de meus cabelos embranquecidos pelo tempo

e a saudade que me acerca sem piedade!”

 

Poesia Ganhadora do Quarto Lugar – 1º Concurso de Poesias “Inconfidente Mineiro/2019

Autor : Sarah de Oliveira Passarella (Pseudônimo Katita)

Campinas / SP – Prêmio R$200,00 /Divulgação do Poema