ONDE ESTÁ O PERIGO?

Por : Romualdo Roza

 

Invasão do morro,

Socorro,

O que está para acontecer?

Tinge de verde camuflado,

O semblante pesado

Do povo das favelas,

Homens e donzelas,

Pessoas de bem

E pessoas do mal,

 

Todas tratadas igual,

Mas como pior espécie

Como erva daninha

Cães em uma rinha,

Para serem exterminados,

Por tão tolos soldados,

Enquanto o congresso nacional,

De ganância irracional

E tanta coisa ilegal,

Discute privilégios

Sem se importar se o povo

Morre na miséria,

E ainda fazem pilhéria,

Comparando auxílio moradia

E auxílio paletó
com quem só come pó,

E sem educação,

Reivindicam auxílio educação

Enquanto de armas na mão,

Forças armadas é solução?

Repreendem traficantes,

Quando muitas vezes seus mandantes

Estão no poder.
Governando o país

E a miserável gentalha,

Que presa entro de uma muralha
ainda pensa em ser feliz.

Tenho desejo, confesso,

Que chegará o dia

Do morro invadir o congresso...

 

Romualdo Roza

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

24/02/2018