MINHA TERRA

Por : Pettersen Filho

 

Minha Terra tinha palmeiras

onde cantava o Sabiá

as aves que lá gorjeavam

não gorjeiam mais !

 

 

 

                                          Minha Terra tinha palmeiras

                                          onde cantava o Sabiá

                                          as aves que lá gorjeavam

                                          não gorjeiam mais !

 

Minha Terra tinha palmeiras

onde cantava o Sabiá !

Um dia chegou um estrangeiro

derrubou as palmeiras

e matou o Sabiá !

 

(Extraído do poema “Minha Terra” da Obra “Inconfidente Mineiro – Ilustrações & Poesias” de Antuérpio Pettersen Filho – Publicação Independente – 2002 )