A AMERICA FALIU : “... MAS QUEM VAI PAGAR A CONTA ?”

Por : Pettersen Filho

Herdeira de um afortunado passado, em que correm nas suas veias o “ Sangue Azul ” do Antigo Império Britânico , que se ocupou, durante muitos anos, do Saque Corsário aos navios portugueses e espanhóis, vindos do Continente Americano , da África e da Ásia , de onde extraiam ouro, e especiarias, até financiarem a sua própria Revolução Industrial , com o quem dominaram praticamente o Mundo , até o advento da Primeira Grande Guerra Mundial , quando perderam, em grande parte, o seu apogeu, e hegemonia, sendo preteridos pelos Estados Unidos da América do Norte , sua Ex-colônia, a “ América ”, Anglo-saxônica, como os “ Americanos ” preferem auto intitularem-se, numa atitude depreciativa ao restante da América, Central e do Sul , mais conhecido como “ América ”, vem vivendo, há longos, e muitos, anos, não mais do seu inegável Poder Fabril, e Financeiro, mas, sim, vem acumulando constantes Déficits Comerciais com todo o Resto do Mundo , de quem vem importando bens e insumos que, dão, ora, pujança a Economia Americana , diga-se de passagem, a maior de todo o Planeta.

 

Contudo, embora Defensores Maiores do Capitalismo , e da Economia de Livre Mercado , os EUA , ora sob Intervenção Governamental em seus Bancos , vêm, nas últimas décadas, negando a própria Gênese do Capitalismo , e da “Mais-valia ”, cada vez mais dependentes do Financiamento Externo , na qualidade de Economia Mais Sólida do Globo Terrestre , quem atrai, ou, até ontem, atraia, “ como moscas à luz” Investimentos de todo o Planeta , antes, inabaláveis, mas, ora, não mais.

Assim sendo, é claramente perceptível à arrancada dos Estados Unidos , em níveis históricos, para consolidarem-se como a Maior Economia, e Potência Militar da História Humana , tão logo travaram, e venceram, a sua Guerra de Secessão , no Século XIX, dos Estados Industrializados do Norte, contra o Sul Agrícola, em que arrebataram da Inglaterra o controle do Mercado do seu próprio Algodão, partindo para as Conquistas Além-mar, de Cuba Porto Rico Filipinas , na famosa Guerra Hispano-americana, em que, apenas por pouco, não arrebitaram todo o México.

Daí, até a sucumbência da Europa , durante a Primeira e Segunda Grandes Guerras Mundiais , abrindo espaço para a Conquista Americana dos principais países do Pacifico Sul, Japão Coréia , e Indonésia , retirando da Zona de Influência Francesa e Inglesa toda a Índia China Indochina , foi apenas uma questão de consequência natural, em que, os EUA, só fizeram acumular riquezas, enquanto a Europa sangrava, por longos anos, nos escombros das Grandes Guerras, nunca mais erguendo-se de pé, a não ser através da injeção maciça de Recursos Americanos, do Plano Marshal , assim como na Coréia Japão , pós Segunda Guerra.

Saídos do Período de Guerras, a despeito, inegavelmente, como a Única Potência Capitalista do Planeta , até cerca de 1989, com a Falência do Comunismo , com quem rivalizavam, pelo menos, ideologicamente, há muito tempo, no entanto, os EUA vêm diminuindo seus Fundamentos , palpáveis e reais, os quais lhe reservaram, sempre, o Papel Preponderante de Maior Economia Mundial, qual seja, o Papel de Potência Industrial , detentora do maior, e mais rico, Parque Fabril e Mercado de Consumo Mundial .

Maior em PIB, em Consumo de Eletricidade e Petróleo. Maior na Produção de Grãos e Maquinas. Automóveis e Aviões.

Sem outro igual no Planeta Terra.

Assim, em que pesem os EUA haver saído da Segunda Guerra Mundial como Maior Produtor de Aço e Navios do Planeta, além de possuir os Cofres Abarrotados , há anos, contudo, em nome da Guerra Fria , outrora, e em nome do novíssimo Combate ao Terrorismo , eles vêm sustentando a formação contraproducente de “ Verdadeiros Monopólios ”, através de “ Tratados de Preferência Comercial ”, que resgataram, por exemplo, a China Vermelha da influência Soviética , mas, ao pesado preço, ao longo dos anos, de escancararem seus mercados aos produtos de baixa qualidade chineses, o que equivale dizer: a” perder postos de trabalho, e impostos, também, para a China” , como bem o fizeram em favor da Anexação Econômica do México , via Nafta, transferindo unidades fabris inteiras para o país.

Da mesma forma que, fizeram, ao Fim da Segunda Guerra, com o Japão e a Coréia do Sul, a fim de retira-los, também, da Órbita Soviética, via avolumados investimentos .

Hoje, ambos, Coréia, Japão e China, Economias Concorrentes com a Americana, em muitos pontos do Planeta, de que sugam-lhe, ao mesmo tempo que, investem nos Títulos do Tesouro Americano , e na sua Carteira Imobiliária , a saúde e a auto-suficiência, contraditoriamente.

Dessa forma, ao mesmo passo que constroem Mísseis e Aviões de Última Qualidade, numa Superestrutura Econômica que lhes confere aliados imediatos no Oriente Médio ou África, pagos a regias quantias no Afeganistão ou no Iraque, os EUA, parecem haver se esquecido do Fundamento Máximo a que se atêm qualquer Dona de Casa , ou o Leitor , quando vai ao Supermercado: “A Sacola de Compras nunca pode ser maior do que o Dinheiro que cabe na Bolsa da Madame. Sob pena de que a Conta, na Venda da Esquina, não feche no Fim do Mês. E tome-lhe Juro...”

Assim sendo, há anos valendo-se do seu Super-peso de Consumidor Compulsivo , os EUA, totalmente expostos ao Financiamento Externo e a Fornecedores de Combustível Fóssil Internacionais , estão, inegavelmente, quebrados. Tal como quebrados ficarão todos os que, de uma hora para outra, resolverem tirar, em massa, seu Dinheiro da Esquálida Economia Americana, a qual, nos prova a atual Crise , não é somente Americana , mas, da Europa , do Brasil e do Mundo Todo .

Eu quero, mesmo, é ver, Dona de Casa , que não tem nada a ver com o Citygroup , com o Manhathan, ou com Morgan Bank , se, no final, a Senhora também não vai pagar a Conta ?

OBS: Crônica Publicada Originalmente no Site www.paralerepensar.com.br

 

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO NEM DO ADVOGADO.

 ?”