ASSOCIAÇÃO TENTA IMPUGNAR CANDIDATURA DO PREFEITO DE VITÓRIA

Por: Pettersen Filho

Tomado de justificável euforia, após Pesquisa Eleitoral atribuir a João Coser , Candidato do PT – Partido dos Trabalhadores a reeleição à Prefeitura de Vitória/ES, percentual de cerca de 69% das intenções de voto, o que lhe garantiria, ainda em Primeiro Turno , uma massacrante vitória eleitoral sobre os demais candidatos, sem ter muito porque explicar tal fenômeno, mesmo que se busque reflexo em uma Administração tida como Exemplar , ao mesmo passo que o Presidente Lula , essa Semana, nos Estados Unidos, também tomado de injustificável otimismo, ao ser informado que a sua popularidade pessoal alcançava índices semelhantes ao de Coser, cometia uma das suas mais celebres gafes , ao se pronunciar sobre a “ Crise Financeira ” que ora sacode o Mundo, sacramentou, esbanjando conhecimento, no que se refere a sua rude Geografia: “ Essa Crise não atravessará o Atlântico e não atingirá o Brasil 

 

Contudo, estando nós, cá, do mesmo lado do Atlântico que o Presidente Lula, lá em Nova Iorque , e não na Europa ou África , onde tal declaração, geograficamente, seria admissível, já, completamente, atingidos pela tal “ Crise Financeira ”, agora em condições de depressão econômica, antes, não existentes, quando tomada a Pesquisa, acreditando piamente no que um dia sentenciou o Dramaturgo Nelson Rodrigues , quando declarou que “ Toda unanimidade é burra ”, insatisfeita com os rumos que assume o Pleito, e com os meios que, alega, são utilizados pelo Candidato Coser no atual Certame Eleitoral, a ABDIC – Associação Brasileira de Defesa do Indivíduo e da Cidadania entrou, ontem, dia 23 de Setembro, com uma Representação contra o Candidato junto ao TRE – Tribunal Regional Eleitoral, alegando Abuso do Poder Econômico e Utilização da Máquina Pública por Coser, protestando pela Impugnação da sua Candidatura .

Para tanto a Associação juntou no Documento protocolado fotos que atribui a Utilização de Tratores, Caminhões e homens da Prefeitura, pelo menos uma vez, em Área controversa, onde o Candidato fixou uma Placa de Propaganda sua, e de um Vereador.

Segundo a Associação , a Área é controversa, posto que pertence a União e está reservada, segundo Projeto de Lei em tramite na Câmara Municipal de Vitória , para ser uma Praça Pública , onde, contudo, o Maquinário da Prefeitura foi visto, como pano de fundo da sua Placa de Propaganda Eleitoral , ainda segundo a Associação , irregular, quanto a sua localização, mas, ainda assim, realizando serviços de limpeza e conservação no local, o que é um Flagrante Uso dos Recursos do Município em seu favor, para auto-promover-se como Candidato .

Tendo feito essa, e outras alegações, devidamente acompanhadas de Matérias e Denúncias que vem fazendo em seu Site , sem, contudo, sensibilizar ninguém, ou autoridade alguma, a Associação se viu obrigada a levar o assunto à Justiça, inclusive tendo juntado outros documentos que evidenciam, supostamente, a ocorrência de eventual crime eleitoral, tais como ofícios da Justiça e ofícios que foram, anteriormente, encaminhados ao próprio Coser , então, como Prefeito em Exercício do Cargo , nos quais demonstra a plena ciência do Candidato , quanto aos fatos e o local, a Associação , ao fim da Representação que apresentou ao TRE, protesta pela Impugnação da sua Candidatura .

Ainda hoje, 24/09, carros oficiais e autoridades foram vistos circulando, e fotografando o local.

Com a palavra, então, o TRE, ora presidido pelo Eminente Desembargador Manoel Alves Rabelo, que, certamente, dará uma resposta oficial à Sociedade Capixaba, demonstrando, ao fim, a eventual lisura do Processo Eleitoral.

 

 

Publicado originalmente em www.paralerepensar.com.br

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO.