PAULO HARTUNG , GOVERNADOR DO ESPIRÍTO SANTO: “ QUANDO TODA UNANIMIDADE É BURRA. ”

Por: Pettersen Filho

Como quem parece querer dar voz à verdade máxima dita pelo Reconhecido Dramaturgo Brasileiro, Nelson Rodrigues , que tanto escárnio soube trazer à Família Brasileira, expondo nos palcos os seus valores morais e recalques mais repreendidos, onde dizia que “ Toda unanimidade é Burra ”, Matéria difundida em uma orquestrada Manobra de cunho nacional, exaltando as realizações da Oposição, na Revista Veja nº 2055, de 09/04/08, sob Título “ Seis Homens, um destino ”, perfilando os governadores do PSDB, entre outros, Paulo Hartung, do Espírito Santo, passando por José Serra, em São Paulo , chegando a Aécio Neves, em Minas Gerais , também reproduzida esta semana em notório Jornal Capixaba , acoplada a um Informe Publicitário, de página inteira, com a informação “ a pedidos ”, destaca que o Governador Capixaba desfruta de 3,3 milhões de votos, frisando em ruidosa Manchete : “ 3,3 milhões de capixabas unidos só pode acabar em boa notícia. 

 

Ora, considerando que a População Capixaba, segundo nos trás a mesma Matéria do Jornal, Fonte PNUD/IPEA é de três milhões, trezentos e cinqüenta e um mil e seiscentos e sessenta capixabas, menos eu, que sou Mineiro, há mais de quinze anos radicado no Estado, o Governador Capixaba, Paulo Hartung, desfruta, então, da tão execrada “ Burra Unanimidade ”, tão deplorada por Nelson Rodrigues.

Contudo, não fosse toda a divulgação ofertada, sintoma preclaro da Batalha que já se anuncia nas urnas, em 2010, para a alternância nacional do Presidente Lula, exaurido pelo segundo mandato, a informação fornecida pela Reportagem, baseada em números aparentemente confiáveis, não fosse o ufanismo e a notória técnica mercantil, do anúncio, o Governador Paulo Hartung, prendado por governar um Estado de fato equilibrado, haveria que ser levado a sério, não fosse à convivência, no plano estadual, entre PSDB, de Hartung, e PT, de Lula, quase harmônica, voltada para o respeito e o equilíbrio de forças, em que um Partido não invade, necessariamente, a seara do outro, sendo, inclusive, parceiros em vários empreendimentos na Capital, Vitória, que vão da Ponte da Passagem à duplicação da Avenida Fernando Ferrari, fazendo da Fratricida Briga, de cunho nacional, aqui no Estado, mera visão, distante e improvável.

Possuidor de inegáveis dotes próprios, o Governador Hartung, de fato, herdou um Estado arruinado pelos seus desastrosos antecessores, Vitor Buaiz, do PT, e José Inácio Ferreira, nos últimos tempos do PMDB, pautados por uma administração corrupta e ineficaz, mas, Hartung, articulador nato, soube aproveitar o Boom Moral, e a aparente Nova Ética, que trouxeram, consigo, Lula ao Poder, em 2002, emplacando, em troca da cessão da Política de Segurança Pública no Estado, entregue a Rodney Miranda, Delegado Federal afeto ao PT, logo no começo da sua Administração, realizando um acordo econômico com Lula, no valor de quase Meio Bilhão, a título de adiantamento de royates do petróleo, o que nenhum outro Estado da Federação soube alcançar, permitindo, com os recursos, que arrumasse as finanças do Estado.

Ainda, no âmbito político, não há como negar o oportunismo de Hartung, quem desde o começo soube cooptar, ao seu lado, o Poder Judiciário e o Ministério Público Capixabas, nomeando promotores e parentes de desembargadores para as Secretarias e Autarquias estratégicas do Estado, como Martineli, no Detran, Moulin, na Justiça, e depois Zanardi.

Soube, inegavelmente, varrer da Assembléia, numa só tacada, José Carlos Gratz, e os seus mais asquerosos assessores diretos, fazendo com que, até hoje, Governe sem nenhuma Oposição.

Relativo ao Funcionalismo Público, com quem João Coser, Prefeito de Vitória, pelo PT, também ora se embate, o que levou o Magistério Municipal a pelo menos uma Semana de Greve, nos últimos dias, pelo aumento de salário e melhoria das condições de Ensino no Município, Hartung também não encontrou problemas.

Há pelo menos dois anos vem concedendo um farto Abono de Natal aos Servidores Estaduais, caindo nas graças dos mesmos, ainda ressentidos pelas desastrosas administrações do passado.

Vem conseguindo, inclusive, propor, com alguma aceitação, perante as categorias do Serviço Público Estadual, a mudança da metodologia de pagamento, transformando o Soldo dos Servidores Policiais, por exemplo, com seus respectivos direitos adquiridos e vantagens pessoais , em um inusitado Subsidio , que descaracteriza-lhes, apesar de uma vantagem monetária inicial, os efetivos vencimentos e as vantagens incorporadas.

Assim, ostentando um Marketing Político bastante positivo, Governando ao lado da Grande Mídia, que possui nas mãos, no que parece ser uma Medida Nacional também da oposição PSDBista , da qual se utiliza o próprio PT, ora na Situação, penso que temos a Receita própria para fazermos um Inusitado e Grande Bolo Nacional.

Mais do que nunca, evidencia-se que a Nelson Rodrigues assiste toda a razão, quando diz: “ Toda Unanimidade é Burra ”, inclusive a que ameaça levar Paulo Hartung, e a sua Corja Intelectualizada, de novo, ao Poder.

 

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, ALÉM DE SÓCIO CORRESPONDENTE DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLOGIAS, POLÍTICAS E SOCIAIS DOM VASCO FERNANDES COUTINHO, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO

 

 

 

DEFESA DO CONSUMIDOR – CIDADANIA - PEQUENAS CAUSAS CIVEIS ???

  

“DIVULGUE NOSSO TRABALHO PARA QUE NÓS TAMBÉM DIVULGUEMOS VOCÊ”

REPASSE ESSE E-MAIL A UM AMIGO !