CARLOS LUCENA : “FOGO & AR” - “MENESTREL DA NOVA ERA” LANÇA NOVO CD EM BELO HORIZONTE......

Por: Pettersen Filho

Dia 1º de Julho, em sensacional Show Lançamento, o Cantor e Compositor do Vale do Jequitinhonha, Carlos Lucena, apresenta o seu mais novo Trabalho, no Teatro N. Senhora das Dores, das 20:30 hs, em diante, à Av. Francisco Sales, 77 – Floresta – Belo Horizonte, intitulado “Fogo & Ar”, numa proposta que já lhe é característica, exaltando a natureza, e a essencialidade inerente ao próprio Homem.

Houvesse no mundo um dicionário onde pudéssemos encontrar a definição, o sinônimo, que adjetivasse as pessoas, estabelecendo significado conceitual para a existência humana, certamente encontraríamos, no caso de Carlos Lucena, musico mineiro, contemporâneo ao Clube da Esquina, que formou talentos como Paulinho Pedra Azul, Lô Borges, Milton Nascimento e Beto Guedes, todos seus parceiros de trabalho, alguma coisa tal como: “Ser iluminado”, “Luz”, “Parecido com ou igual a: Luz...”  

 

                     Das suas cifras musicais, nas canções que entoa, poderíamos também subtrair o seguinte conceito: “ Toda força viva que assim/ toma forma oculta no viver/ para reger a orquestra do saber/ e despertar no reino do Sem-fim./ Dono de poderes naturais:/ Salamandras, anjos e vegetais./ É o poder de Deus que vive mais/ na magia etérea dos astrais./... Vida! É um beija-flor pousar no meu jardim./ Uma fada azul que entrou dentro de mim./ Tomou conta do meu ser./ Fez amor comigo no Sem-fim.”, do CD “Pomar dos Deuses”.

                   “Menestrel da Nova Era”, Carlos Lucena transita, sem se importar na sua musica com questões banais de mídia ou modismos, entre o que é provável, e improvável, no Mundo Metafísico.

 

 

                      Parece, empunhando o seu violão modelo AK-47 “Kalashnikov”, municiado por cordas vocais pacifistas, desfiar, com táticas ligadas diretamente à tudo aquilo que é carmico e cósmico, no declarado amor que externa, por tudo o que é rítmico ou acústico, o “status quo” de um homem destituído de futilidades, no tanger da vida moderna, desconcatenada de quês, sem por quês ?

 

                      Com seus acordes, encantadoramente, faz ecoar do seu instrumento mágico musicalidade somente admissível aos que tem acuidade ligada ao Olímpio.

 

                      Transitando por mundos onde vigoram sonoplastias oriundas, desde o samba canção de raiz, até o romantismo apaixonado de um homem que, à todo momento, declara indefectível amor pelo planeta e pela existência humana, metaforizada na forma de uma mulher, inatingível, passando por regionalismos, que vão do Vale do Jequitinhonha e Heitor Vila Lobos, até os Alpes Suíços, circunvizinho de Bethowen e Mozart, em linguagem melódica universal.

 

                      Na sua simplicidade complexa, Carlos Lucena é o “Senhor dos Arranjos” que anunciam um mundo ainda porvir:

 

                      Realmente, imagem humanistica, e, “Ser Maiúsculo”, que somente podem ser enxergados pelos que possuem sensibilidade auditiva em seus corações...

 

                      Este, enfim, é um pouco, no dicionário fugaz da vida, o conceito imediato de Carlos Calmette Lucena: “Retidão de Caráter”, em um mundo curvilíneo. Significado de Vida, “Sem medo de amar”.

 

                       Persistência, onde outros fraquejam e se prostituem...

 

                       Intransigência, com o que é musicalmente palatável, e humanisticamente, correto.

                    

                       Imperdível !

 

                       Sua Musica pode ser, em parte, degustada, palatada, acuida em www.abdic.org.br, na Rádio Web Jornal Grito Cidadão, pela Internet.

 Ingressos disponíveis a R$ 30.00 (Trinta Reais), são limitados e também podem ser adquiridos no Bar & Restaurante Inconfidente Mineiro fica à Av. Deputado Anuar Menhem, 1075 – Santa Amélia – Pampulha.

Contato: 31-996650965 (ZAP)

Contatos para Show em O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO.