BIG BROTHER BRASIL : “BOICOTE AOS PATROCINADORES...”

Por : Pettersen Filho

“Show de Vulgaridades”, “Chacrinhada” (O Velho Guerreiro que me perdoe), “Bacanal”, esses, apenas alguns dos adjetivos, ou sinônimos, com que, também poderia ser chamado, entra em cena, em sua 14ª Edição, no Brasil, o Americano Reality Show  , ao vivo e a cores, veiculado pela não menos vulgar, Rede Globo de Televisão  , essa semana, o Big Brother Brasil  , prestes a anestesiar, e alienar, com obsceno espetáculo circense, invadindo Nosso Lar, e a Família Brasileira  .

 

“Programa”, se é que, assim o podemos chamar, capaz de retirar do mais completo anonimato garotos, e garotas, apenas, ocultos nas Fazendas, e Grandes Metrópoles do Brasil, e, via Telinha  , em horário nobre, exibindo seus corpos, e mentes, com avidez e intimidade impressionantes, num espetáculo, tanto coreografado nos bastidores daEmissora  , quanto predestinado a causar Clamor Público (Com direito a Estupro  na sua ultima edição), em que o Telespectador  , bombardeado, a todo momento, dentre a Programação  cotidiana da Emissora  , até razoável, com Telejornais  da expressão do “Jornal Nacional”, e Mini-séries bem produzidas, num contra censo estarrecedor, sendo a mesma Empresa  que exibe, com apoio da Unesco/ONU o “Criança Esperança”, tão logo termina sua Edição  , a cada ano, nenhum aprendizado útil, embora não seja esse o seu fim, ou mensagem cívica, deixa, a não ser a notoriedade vulgar dos seus Participantes  , e os “Bolsos Cheios”, a qualquer preço, da Emissora, que, a cada novaEdição  , vende, desde Xampu, Creme de Cabelo e Condicionadores, até Carros Zero Quilometro e Roupas de Grife, tudo mediante Régio Patrocínio  de Empresas como a Fiat Automóveis, e outras menos comprometidas com a Cultura  Valores  nacionais.

Capaz de produzir enredos, tão difusos, quanto variáveis, Novelas  Reportage ns  , Programas Esportivos, passiveis de ditar Costumes  Mudar  Rotinas  , bem como fazerem a diferença, que o diga o excepcional Programa Educativo Telecurso  , apto a proporcionar, à distância, via Telinha  ,Alfabetização  F ormação Técnica  aos seus seguidores, como era de se esperar de uma mera “Detentora” de Concessão Pública de Comunicação em Massa  , com imensuráveis lucros sociais, e dividendos ao País, o Big Brother Brasil  , por sua vez, capitaneado pelo insaciável “Pedro Bilau” (Escritor Amador, Escroto Profissional), numa Pauta  questionável, ao passo que chega a dirigir-se aos seus Participantes  , intitulando-os, entre uma Chamada Publicitária  , e outra, de “Nossos Heróis” é de causar medo, tamanha a sua inserção social, Formula  , aliás, que, também, já é religiosamente copiada pela Eterna Rival da Emissora Globo  , a TV Record, no seu Programa “A Fazenda”, igualmente ignóbil.

Fenômeno que já perdura por mais de uma década, e provavelmente outras, levado pela Emissora , em tom tão solene, quanto as condenações que faz ao Regime Chavista  da Venezuela, que cassou, dentre outros motivos, por semelhante vulgaridade a Televisa  , no País Caribenho  , e que a leva a Condenar  as atuais Mudanças  que promove o Governo Argentino  quanto a Dominância doGrupo Clarim  , no Pais Portenho  , políticas que, se adotadas no Brasil, fatalmente, levariam a ruína aGlobo no Brasil, daí a sua rejeição, certo é que, no caso da “Poderosa” Plim  plim  , como é chamada, numa alusão da chaveta que anuncia seus Comerciais  , de menos o Big Brother Brasil  , mais dia, menos dia, com tais Programas  , e Vulgaridade  , não é preciso Governo  algum para levá-la ao descrédito, no Brasil.

Basta-lhe, a continuar assim, o próprio Big Brother Brasil  , a ofender a Inteligência  , e Moralbrasileiras...

De meu alvitre, proponho o mais completo Boicote  aos Produtos  , implícitos e explícitos, apresentados no Programa  , e aos seus Patrocinadores  .

Se a idéia pega: “Adeus Big Brother Brasil.”

Que vá para o Inferno  , bem nas profundezas das “Terras do Tio Sam”, de onde jamais deveria ter saído.

Crônica Publicada originalmente em www.paralerepensar.com.br

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO.