GUERRA ASSIMÉTRICA : “ISRAEL BOMBARDEIA PALESTINA...”

Por : Pettersen Filho

 Estado Artificial, Enclave Anglo-americano criado no Oriente Médio, em 1947, justamente com o Voto Brasileiro na ONU – Organização das Nações Unidas, Palco de sucessivos Massacres Israelenses contra os Palestinos, da Cisjordânia e Faixa de Gaza, dois diferentes Territórios em que foi dividida a Palestina, depois da Segunda Grande Guerra Mundial, não na Europa, ou na Alemanha, onde os Judeus sofreram o inaceitável Holocausto pelas Tropas de Adolf Hitler, e sua Ideologia Ariana, mas, sim, no Médio Oriente, não, necessariamente, por razões Históricas, Judaicas ou Cristãs, mas por mero interesse dos Aliados de manter a Ocupação das Férteis Terras Árabes de Petróleo, Israel, mais uma vez, como vem fazendo, desde 1967, quando derrotou as Tropas Egípcias no Sinai, realiza desproporcional Bombardeio da Faixa de Gaza, levando à morte centenas de Palestinos.

 

 

Tratada como uma espécie de Gueto, tal qual os Nazistas faziam em Auschwiitz, ou em Varsóvia, com os Judeus, nos crematórios, a Faixa de Gaza, bloqueada por Céu, Terra e Mar, onde não entra, por determinação  de Israel, nem viveres ou simples materiais de construção, como uma Cuba no Oriente, à partir da Fronteira do Egito ou Síria, cujo Grupo Radical Hamas detém a Administração, diferente da Cisjordânia Ocupada, cuja Administração mais condescendente à Ocupação Judeia de Mahmoud Abbas não impõe grande resistência, traduzida pelo constante numero de novos assentamentos Judeus, e pelo Muro Imoral que separa os Palestinos dos seus compatriotas, em Israel, divisão proposital proporcionada por Israel, e EUA, para enfraquecer e dividir as Terras Palestinas, vive um verdadeiro Holocausto.

 

Resistindo bravamente contra um Exército Invasor, muito maior e mais cordeando, do que as empobrecidas Milícias que defendem Gaza com meros rifles AK-47, e singelos foguetes rústicos, do tipo Cassam, de tiro impreciso e incerto, contrabandeados do Irã ou da Síria, o que é irrisório, contra a Potência Atômica que é Israel, com seus F-16, e Patriots Americanos, Gaza vive há muitos anos um verdadeiro martírio.

 

Crise última, iniciada com o Sequestro, e morte, de três Jovens Israelenses, de um lado, por prováveis Palestinos, e Sequestro, e morte, de um Jovem Palestino, de outro, por prováveis Judeus Ortodoxos, tal contexto, no entanto, exacerba tensões ocultas que não interessa a nenhum dos lados.

 

Calada, por pressão Americana, a Mídia Mundial recusa-se a enxergar tal Agressão, como o que de fato é, uma inaceitável, e Histórica Invasão Estrangeira no Médio Oriente, e seu rico Petróleo.

 

Sem coragem, ou Bagagem Moral, para explodir, de uma vez por todas, a Palestina, Israel perpetra há muitos anos verdadeiro Crime contra a Humanidade, quiçá, Genocídio, aos olhos passivos do Mundo.

 

Influentes no próprio Parlamento Americano, e Europeu, os Judeus Não-israelenses seguem dando total, e incondicional, apoio ao atual Massacre.

 

Situação, contudo, nova, que ameaça proliferar a Guerra em todo Médio Oriente e Balcãs, desde a Intervenção das Potências Ocidentais na Ucrânia e Síria, em que aparecem ocultos, de um lado. Interesses contrariados do Irã, China e Rússia, e, de outro lado, de Potências Ascendentes Regionais, como Turquia e Arábia Saudita, Israel dentre elas, até a criação de um novo Equilíbrio, ou, Desequilíbrio, de forças no Iraque, e o País Curdo, a atual Campanha Israelense, pode, dia-menos-dia, transformar-se em um conflito generalizado, em que a Paz, longa e duradoura, não interessa a ninguém.

 

Leia também :

http://www.abdic.org.br/index.php/home-13/208-um-estado-palestino-mas-qual-deles 

http://www.paralerepensar.com.br/paralerepensar/texto_jornal.php?id_publicacao=21205 

  

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO.