PROGRAMA DE GOVERNO: “CHURRASQUINHO E CERVEJINHA PARA TODOS”

Por : Pettersen Filho

Marchinha antiga: “Eu não vou mais trabalhar, só vou criar Galinha (Golden Boys)”, parece ter incorporado um dos Candidatos à Presidência da República, que, aproveitando-se da boa índole, e por que não dizer, do imaginário popular do brasileiro mais pobre, de um Pais totalmente convicto no “Samba, Futebol e Carnaval”, vem fazendo Campanha Pública, falando que todo brasileiro irá, doravante, comer seu churrasquinho e tomar a sua cervejinha...  

 

Realidade crassa, a que vivemos ultimamente, desde a instalação da Pandemia do Covid 19, sobretudo nos últimos dois anos, em que sofremos o Lockdow, perdemos empregos e fomos convencidos a não sair de casa, enquanto a economia falecia, embora que socorridos pela Ajuda Emergencial do Governo, em várias esferas, Municipal, em alguns casos, Estadual, e, sobretudo, Federal, em que vimos miseras quantias, sobrepostas em cascata, subsidiar o orçamento nos lares brasileiros, de certa forma exaltando a Cultura do Personagem “Jeca Tatu”, tão bem descrito por Monteiro Lobato, do Não-trabalho, e do Estado Paternal, certo é que o padrão de vida do brasileiro comum, desceu à níveis alarmantes, sobrestado também pela recente Guerra na Ucrânia, que elevou o preço das comodites, trigo, soja e petróleo, exacerbando a infração, que ataca com crueldade o bolso do brasileiro, como de resto no Mundo.   

Discurso político palatável, fácil e agradável, conforme todo mundo quer ouvir, afinal, quem não gosta de cerveja e churrasco ?

Mas, se assim o for, quem afinal, vai trabalhar nesse Brasil varonil ?

Será que seremos um País somente de foliões, e de Churrasqueiros e Cervejeiros trabalhando, enquanto a Nação se diverte ?

Voto tem consequência! 

Saiba mais em:  https://www.paralerepensar.com.br/paralerepensar/texto_jornal.php?id_publicacao=58062 

PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO.