A ESCALADA DA GUERRA: “UCRÂNIA AFUNDA CRUZADOR RUSSO MOSkVA...”

  • Imprimir

Por : Pettersen Filho

“Afundem o Bismark !!!!”

Frase célebre proferida por Wiston Churchil, no ínicio da Segunda Guerra Mundial, quando a Inglaterra colecionava derrotas sob a Alemanha, desde a Invasão da Polônia por Hitler, até a queda da Holanda, Bélgica e França, e a retirada de Dunquerque, quando o Cruzador de “Bolso”, Bismark, nome do Primeiro Ministro, Bismark, responsável pela grande industrialização, e unificação da Alemanha, (Cruzador de Bolso, foi artificio da Alemanha, ao reaparelhar secretamente a sua Marinha, depois da derrota na 1ª guerra Mundial, burlando o Tratado de Versalhes, em que foi humilhada e proibida), foi flagrado navegando, solitariamente, sem escolta, tão poderoso que era, no Mar do Norte, ao largo da Inglaterra, perseguido e bombardeado por toda Royal Navy e Royal Air Force, blindado que era, até que um simples torpedo atingiu seu leme, fazendo-o navegar em círculos, enquanto era repetidamente bombardeado, até afundar, o naufrágio do Navio Cruzador Russo Moskva, “Moscou”, no Mar Negro, lança a Guerra da Ucrânia em novo patamar.

 

 

Navio Oceânico, de Mar Aberto, foi, desnecessariamente comissionado no Mar Negro, pouco mais do que um “Aquário”, pela Rússia, sem cobertura e escolta, fragorosamente exposto ao afundamento, como de fato, com seus Misseis de Cruzeiro, aptos a afundar Porta-avioes americanos, se em Mar aberto, não sendo o caso, arrogância, ou inocência, da própria Rússia, que vem brincando de Jogos de Guerra, na Ucrânia, concedentemente, deixando que a OTAN – Aliança Atlântica Norteamericana, forneça, sem consequências, armamentos de ponta à Ucrânia, que luta Guerra de Guerrilha, assimétrica, deixando o inimigo invadir, para depois, fustiga-lo, com pequenos batalhões e armas antitanque, navio e aviões Ocidentais, com severas, e grandes perdas.

 

Guerra desnecessária, não necessitando a Rússia que ocupe, ou domine, a Ucrânia, bastando para tanto, que a destrua, porquanto vem a Otan municiando os Ucranianos, sob risco de que seus lança-foguetes, um dia, e muito provavelmente, reapareçam na mão de Guerrilheiros, árabes ou da Al-qaea, contra jatos e navios Ocidentais, em Los Angeles ou Tóquio, e que as Armas Ucranianas, de fabricação Russa, sobrecaim em Varsóvia ou Berlim, por acidente, sabe-se lá, já que ambos os exércitos, antes comuns, e aliados, usam o mesmo armamento, o Naufrágio do Moskva, definitivamente demonstra à Rússia que Zelensky, o “Duas Caras”, que tanto fala de armistício, e acordo de paz, com Moskva, e Putim, enquanto discursa nos parlamentos da Europa pedindo armas e guerra, com sacrifício do seu próprio povo, não é um palhaço, mas o “Senhor da Guerra”, Fantoche americano, enquanto estamos a aguardar, quiça, o fim do Mundo.

 

... ai eu diria : “Afundem o Moskva !!!”

 

Porque, agora sim, a Guerra da Ucrânia, ou do Fim do Mundo, como queiram, com ataques as Estações de Trens, Postos de Combustíveis e Comboios Humanitários, realmente, começou...

 

PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO