SOMENTE AOS COLIBRIS CABEM AS FLORES NO JARDIM... Por : Pettersen Filho

Não !

Ninguém poderia

sequer imaginar

que naquela manhã

nebulosa e escura iria nascer

uma flor no Jardim.

Não !

Ninguém poderia imaginar.

Não naquela manhã

nebulosa e escura.

Abandonadas as Ruas

fechadas as Casas

tudo era só tristeza...

 

 

Porém

desafiando a própria natureza

talvez para ser esperança

ou quem sabe

se pela simples beleza

naquela manhã

nebulosa e escura

sem ninguém para ver

nasceu uma flor no Jardim !

 

(Extraído do poema “Somente aos Colibris” da Obra “Inconfidente Mineiro – Ilustrações & Poesias” de Antuérpio Pettersen Filho – Publicação Independente – 2002 ) Foto tomada no Cerimonial & Hostel Inconfidente Mineiro – Belo Horizonte - MG