BIDEN: “ESSA COCA-COLA É FANTA....”

Por : Pettersen Filho

Eleição travada numa das mais, e tradicionais, Democracias do Mundo, pelo menos nos últimos cerca de Trezentos Anos, transmitida, à cores e ao vivo, a disputa entre Biden,  e Trump, ultrapassa a fronteira ideológica entre dois Partidos, o Democrata e o Republicano, nos EUA, e alça importância planetária, ao ponto de que, seu resultado, terá repercussão, desde um Besourinho ainda desconhecido na Floresta Amazônica, até uma Tribo Afegã no Oriente Médio, ou na Big Aple, tamanha a expressão do País, capaz de implantar a Democracia na Rússia, por entrementes, ou promover um Golpe no Brasil ou Paraguai, mesmo que esse Golpe se chame Evo Morales ou Bolsonaro, tamanha as artimanhas envolvidas, o Google ou Facebook.

 

 

Tal como a Coca-cola, e a Fanta, braços do mesmo Povo, a Democracia Americana, embora arcaica, desprovida da nossa, “Brasileira” Urna Eletrônica, ou “Corrupcional”, ainda assim, deve ser lavada a sério, digna de apuração ou auditagem, ao contrário da Urna.

 

 

Batalha que envolve a Mídia, a CNN, o New York Times, profundamente incomodados com o estilo Trump de Governar, desrespeitando a inexpressiva Mídia, “Pay Per View”, não há, no entanto, forma menor de enxergá-lo como uma espécie de John Wayne, ou Paladino do Oeste, mesmo que tal mímica, Donald Trump, incomode a Esquerda esquálida, e corrupta, da América Latina, ou os interesses obscuros da China ou Turquia...

 

De tudo, das atuais Eleições Norte-americanas, seja via Biden, ou Trump, ainda assim, ressurgirá um dos maiores Gigantes do Planeta, ou não !?

Antuérpio Pettersen Filho, membro da IWA – International Writers and Artists Association, é advogado militante e assessor jurídico da ABDIC – Associação Brasileira de Defesa do Individuo e da Cidadania, que ora escreve na qualidade de editor do periódico eletrônico “Jornal Grito do Cidadão”, sendo a atual crônica sua mera opinião pessoal, não significando necessariamente a posição da Associação, nem do assessor jurídico da ABDIC.