DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO NO NORDESTE, CRIME AMBIENTAL NO BRASIL : “DE QUEM É O ÓLEO ?”

Por : Pettersen Filho

Discussão tão velha no Brasil, como velha o é a República, o súbito aparecimento de manchas pastosas e densas de um Petróleo esquisito, mais tendente a ser Graxa ou Piche, para muitos, Derramamento proposital realizado por Maduro, na Venezuela, para punir a Censura que vem recebendo do Brasil, para outros, Acidente no Transbordo de Material realizado pela Shell, sabe-se lá a origem, certo é que verdadeira panaceia vem ocorrendo no Nordeste, do Maranhão à Bahia, onde maior incidência se deu, a poluir as Praias e Mangues, matando Tartarugas e Crustáceos, enquanto se discute a quem cabe o combate aos efeitos, se aos Estados, Municípios ou a União, diga-se: Jair Bolsonaro.

 

Chegou a tal ponto o enigma instalado, como sempre o foi no Brasil, em que, o SUS: Sistema Único de Saúde, que em tese, é partilhado pelos entes membros, Municípios, Estados e Governo Federal, ou na Educação, mesma ocorrência, em que cabe ao Município o Ensino Infantil e Primário, ao Estado o Segundo Grau, antigos, e, geralmente, a União as Universidades Federais e Institutos Técnicos, em que, na verdade, alguns, ou a maioria dos Municípios tendem a comprar, simplesmente, ou receber do Governo, Estadual ou Federal, por exemplo, ambulâncias, ou ônibus escolares, empurrando atribuições, de uns, para outros, Pacientes, de Cidade para Cidade, de Hospital para Hospital, em busca de vagas, enquanto o Doente padece, ao passo que ainda se discute: À quem cabe tal incumbência ?

No Presente caso, evidentemente,  não poderia ser diferente !

Chegando ao ponto, de o próprio Ministério Público Federal, em conjunto, dos Nove Estados Nordestinos, a propor Ação contra a União por suposta Negligência, ante a eventualmente não cumular esforços para a Limpeza das Praias, Ação evidentemente Política, já que o Nordeste, em peso, ou pelo menos seus Governadores, são resquício agonizante do Governo Lula & Dilma, que passou, habitantes glaciais do Século, e Política, passados, vociferando a todo momento contra o atual Governo, por pirraça ou pragmatismo, numa verdadeira Guerra de Secessão contra o resto do Brasil, que votou pela Nova Política, ao invés do toma lá, e me dá cá, Eu lhes pergunto então:

De quem é o Petróleo vazado, da União, dos Estados ou dos Municípios ?

Parece, na verdade, que é da própria Mãe Joana, ou então, data máxima vênia, da PQP !!!

Ê Política graxenta e pichenta de M...

Antuérpio Pettersen Filho, membro da IWA – International Writers and Artists Association, é advogado militante e assessor jurídico da ABDIC – Associação Brasileira de Defesa do Individuo e da Cidadania, que ora escreve na qualidade de editor do periódico eletrônico “Jornal Grito do Cidadão”, sendo a atual crônica sua mera opinião pessoal, não significando necessariamente a posição da Associação, nem do assessor jurídico da ABDIC.