O GRANDE ÊXODO : “CENTRO-AMERICANOS IMIGRAM EM MASSA PARA OS ESTADOS UNIDOS...”

Por : Pettersen Filho

Panorama quase Bíblico, se não fosse Dantesco, a visão perfeita do próprio Inferno descrito por Dante, Centro-americanos de Honduras, El Salvador e Guatemala marcham em massa para os Estados Unidos, em desafio direto a opulência e portentosidade da Economia Americana, e a Donald Trump, com sua Lei Migratória xenofobista, que dispensa Árabes, Muçulmanos, Negros e Latinos, contrariando a própria origem dos Estados Unidos, e suas remotas Treze Colônias, justamente fundadas para abrigar os Perseguidos Religiosos, e Miseráveis de toda sorte, de menos os Centro-americanos, como se evidencia nas declarações de Trump, quem aciona o próprio USArmy para rechaça-los, não como fenômeno social, que são, mas como invasores inimigos, todos, Homens Pobres, Velhos e Crianças, expondo o que há de mais cruel na Política migratória Norte Americana.

 

 

Assim é que, como numa espécie de Êxodo Bíblico, o de Moisés com o Povo Judeu, ao ser expulso do Egito, e cruzar o Mar Vermelho, que se abriu, segundo a Bíblia, para que os Judeus passassem, e chegassem a Terra Prometida, Israel, Hondurenhos e Guatemaltecos, partiram de seus países, alegando cansaço e perseguição política, em hordas anunciadas, engrossadas por Salvadorenhos e Mexicanos rumo a Fronteira dos EUA, num montante que já chega a quase umas dez dezenas de milhares, prestes a atravessar seu “Mar Vermelho”, no caso, o Rio Grande, que separam em boa parte, o México dos EUA, a sua “Terra Prometida”

 

Em reação desproporcional e avassaladora, Trump, talvez sentindo o que a Europa sente, ao ver as Balsas atravessarem o Mediterrâneo, rumo a Itália ou Grécia, depois das Primaveras Árabes, tão bem patrocinadas pelos Dollares, e Bombas Norte-americanas, na Síria, Iraque ou Líbia, tão longe da América do Norte, causando o Êxodo Africano para a Europa, agora prova do seu próprio veneno, após patrocinarem, por anos e anos, tantas Quarteladas e Golpes de Estado, desestabilizando as pequenas Repúblicas, da América Central e Latina.

 

“Terra Prometida”, ao menos, aos olhos do Mundo, Meca do Capitalismo e da Sociedade de Consumo, por depois do Rio Grande, que os separa do resto do Planeta Terra, os EUA, são como uma Lâmpada acesa na Escuridão da Noite, a atrair Insetos em busca de calor, e luz, pelo menos, são assim que se vendem ao Mundo, como Terra da Oportunidade e da Ascensão de Classe Hollywoodiana, tão distante da realidade das ruas, e guetos, de Nova Iorque ou Chicago...

 

O Império rui, mas, enfim, cada um tem o “Paraíso” que merece !

Antuérpio Pettersen Filho, membro da IWA – International Writers and Artists Association, é advogado militante e assessor jurídico da ABDIC – Associação Brasileira de Defesa do Individuo e da Cidadania, que ora escreve na qualidade de editor do periódico eletrônico “Jornal Grito do Cidadã”, sendo a atual crônica sua mera opinião pessoal, não significando necessariamente a posição da Associação, nem do assessor jurídico da ABDIC