CERIMONIAL & HOSTEL INCONFIDENTE MINEIRO APRESENTAM : PROJETO “TODA QUARTA FEIRA CANJA LIVRE”

Por : Pettersen Filho

Projeto destinado a dar espaço e/ou revelar novos talentos, bandas e músicos, e por que não, dar uma repaginada, abrindo novas oportunidades de público para artistas já consagrados, o Cerimonial & Hostel Inconfidente Mineiro estará oportunizando, à partir da próxima Quarta feira, dia 28/06, em novo Projeto, chamado “TODA QUARTA FEIRA CANJA LIVRE”, Espaço em que cederá o anexo ao Bar & Restaurante Inconfidente Mineiro, para que se apresentem os interessados em demonstrar seu Trabalho em Musica.

 

Projeto que é uma parceria do Restaurante com o Hostel, em que a Quarta Feira é escolhida como dia ideal, menos comercial, exatamente por tratar-se de um meio de semana, das 20:00 as 23:00 hs, a remuneração aos que se habilitarem será repassada pelo Bar, que cederá 10 % (Dez por cento) da arrecadação, na venda de bebidas e tira gosto, durante o evento, aos Músicos inscritos, além do  couvert de R$3,00 (três) cobrado dos expectadores, incumbindo aos próprios interessados a divulgação do evento, para que atraia o público em apresentação única que não poderá ser repetida pelo mesmo artista, a não ser com intervalo mínimo de um mês, entre uma apresentação, e outra, a fim de dar oportunidade a vários grupos diferentes, e para que não se torne repetitivo.

Espaço que promete ser alternativa cultural para as noites de Belo Horizonte, que se somará ao Projeto “Quintas & Sextas - Um Banquinho & Um Violão”, toda Quinta e Sexta Feira, e ao “MPB Ainda Que a Tardinha”, todo Sábado, e ao “Sarau Poético Inconfidente Mineiro”, sempre aos primeiro Domingo do mês, o Projeto “TODA QUARTA FEIRA CANJA LIVRE”, já está recebendo inscrições através do site www.inconfidentemineiro.com.br ou no zap (31)996650965.

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO.