O CRIME DE LESA PÁTRIA E A AUSÊNCIA DE SABER POR FALTA DE INFORMAÇÃO.

  Por : Profa. Guilhermina Coimbra.

Lesar significa ofender, ferir direito, causar prejuízo, prejudicar.

Com esse entendimento verifica-se que, no Brasil, os contribuintes de fato – aqueles que pagam tributos sem perceber – e os contribuintes de direito – aqueles que são obrigados por lei a pagar tributo – estão sendo lesados, ofendidos e prejudicados pelo governo brasileiro, em todas as frentes da economia brasileira.

Vejamos porque:

 

 

-ampliar o limite de capital internacional para a compra de terras brasileiras, não é lesar, prejudicar  os contribuintes de direito e de fato do Brasil, que vêm suportando árdua carga tributária, para manter o patrimônio nacional brasileiro como propriedade dos residentes no Brasil? Sem se fazer um correto  zoneamento econômico-ecológico – que ainda não se fez mas há urgência em se fazer – não há como alienar terras do território brasileiro.

Estudem senhores que se pretendem administradores do Brasil, porque, os brasileiros estudam o Brasil sistematicamente - sem a menor pretensão de governá-lo - mas com o desejo impostergável de exercer o direito de ver o Brasil bem governado em benefício de seus residentes;

- tentar destruir a imagem das duas maiores, mais respeitadas e confiáveis empresas brasileiras exportadoras de carne e derivados – concorrentes leais no mercado internacional, exatamente como está tentando fazer com as maiores empresas da área da engenharia civil do Brasil - não é lesar, prejudicar  os contribuintes de direito e de fato do Brasil, face aos altos tributos pagos pelas referidas empresas ao governo do Brasil?;

-permitir que empresas estrangeiras entrem no mercado de carne do Brasil, substituindo as empresas brasileiras nos maiores nichos de exportação?

A população brasileira amiga e muito bem humorada vive a se perguntar, sob dúvida atroz:

 

- afinal, para quem trabalha, melhor,  para quem governa o Brasil, o governo residentes no Brasil?

E responde convicta de que erro não tem:

 

- salta aos olhos que o governo brasileiro não trabalha para os contribuintes de fato e de direito residentes no Brasil – aqueles que vem suportando a carga dos altos tributos e dos altos salários de todos os participantes do referido governo, remunerados principescamente, face aos assalariados do Brasil.

 

Fora todo e qualquer governo brasileiro, independentemente de Partido político,  que recebe nababescamente seus altos salários, as inumeráveis vantagens, propiciadas pelos cargos que imerecidamente demonstram estar a ocupar - e ainda assim, faz conchavos para receber os “por foras”de empresas concorrentes estrangeiras dos industriais brasileiros.

 

Desistam, senhores e Sirs: o Brasil é difícil, impossível disfarçar para continuar a trabalhar a favor de interesses de fora do Brasil,  prejudiciais à população brasileira.

A população brasileira é amiga – mas, jamais, inepta.

 

O Brasil merece respeito.

  • Currículo Lattes, Pesquisadora, CNPq, CAPES, FAPERJ, FGV-Rio.